Entrada Grandes Mestres

Sensei Vilaça Pinto

Começou a pratiar Karaté na Academia de Budo em 1966, fazendo parte do grupo dissidente onde prontificaram José Manuel Custódio, Luis Cunha e Carlos Pereira, que, em 1969, após um estágio com Toru Miyasakisai, dão origem ao Centro Português de Karaté da Parede, estabelecendo laços com o estilo Shotokan e a JKA.

No Periodo 1969/72 frequentou com regularidade estágios com vários Senseis da JKA, tais como; Kanazawa, Miyazaki, Enoeda, Tomita, Kato, entre outros.

Consciente da diferença técnica que na altura separava Portugal de outros Países da Europa, rumou em direcção ao Japão/JKA, em 1972, com Peté Pacheco.

Em 1973 obtém o seu 1.º Dan, e em 1974 obtém o 2.º Dan. No Japão foi recebido pelo Mestre Mazatoshi Nakayama e aceite como membro do seu Dojo (n.º A000001), onde treinou e residiu até 1976, tornando-se seu discípulo.

A par dos treinos diários no Hoitsugan de Ebisu, dirigidos pelo mestre Nakayama, sensei Vilaça Pinto treinava também diariamente no Honbu Dojo da JKA, inicialmente em Suidobashi e posteriormente (1974) em Ebisu e ainda, com o sensei Kanazawa no seu Dojo particular em Yotsuya.

O desmembramento da original JKA em 1999 permitiu que os “velhos senseis”, outrora sob a égide do Mestre Nakayama, constituíssem e liderassem as suas próprias organizações. A JSKA, liderada pelo shihan Abe Keigo é uma dessas. Perante esta nova realidade e sendo Abe Keigo, de entre os demais senseis da“velha JKA”, o mais fiel discípulo de Sensei Nakayama, Sensei Vilaça Pinto encontrou a escolha para a sua organização em Portugal. Desta forma dava continuidade ao Karate preconizado por Funakoshi, Nakayama e Abe Keigo.

A ligação de Sensei Vilaça Pinto ao sensei Abe institucionalizou-se pela adopção da mesma designação da organização mãe – JSKA-Portugal. A JSKA-Portugal, sendo relativamente recente do ponto de vista da sua constituição formal é composta por alguns dos mais antigos karatecas portugueses, tendo como seu dirigente o sensei Vilaça Pinto, pioneiro do karate em Portugal.

As suas relações com o sensei Abe Keigo remontam aos anos 70 no Japão. Regressado a Portugal em 1976, fundou o Hoitsugan Dojo, que mais tarde haveria de ser uma associação de âmbito nacional - Hoitsugan KarateDo Portugal (HKP) em homenagem ao seu Mestre.

Ainda a criação da JSKA vinha longe, quando sensei Vilaça Pinto recuperou o contacto com o sensei Abe. A partir de então manteve com este contactos regulares, organizando estágios em Portugal e participando em outros estágios e competições internacionais promovidos por outras organizações também associadas ao sensei Abe Keigo.

Sensei Vilaça Pinto tem uma longa carreira em competições internacionais. No período de 1972/76, na Bélgica e no Japão, onde por mais de uma vez conquistou o 1º lugar em kata e kumite. Já em Portugal e até a 1985, participou regularmente em competições no âmbito da European Shotokan Karate Amator - ESKA e World Union of Karate Organization - WUKO, inicialmente como competidor e finalmente como Seleccionador Nacional da Federação Portuguesa Karate e Disciplinas Associadas (FPKDA), à data a federação nacional da modalidade.

A longa experiência adquirida mereceu-lhe o reconhecimento das entidades oficiais da tutela, tendo sido indigitado para os lugares de Director Nacional de Arbitragem, Director Técnico Nacional e Seleccionador Nacional, funções que desempenhou até 1989.

Actualmente é 7º Dan Shotokan, membro da Shihankai JSKA e Treinador Nacional de Karate Nível III (a mais alta qualificação federativa nacional). Em 2007 a JSKA internacional confiou-lhe a organização 5º Campeonato do Mundo de Karate o qual teve efeito em Portugal - Portimão, no mês de Outubro de 2010. É uma das figuras mais importantes, no Karaté Shotokan em Portugal.

 

 

Actualizado em ( Domingo, 27 Março 2011 03:28 )

Imagem aleatória
020.jpg
Total de Visitas
109315
TodayToday19
YesterdayYesterday16
This weekThis week35
This monthThis month511
AllAll109315